Tanute

Tanute é um Orc preguiçoso que passou boa parte da vida correndo atrás de javalis em Durotar. Para comer, é claro. Ele mendigou moedas de cobre no Vale das Provações durante quase toda sua vida, pois nunca pensou no amanhã.

Aliás, pensar nunca foi o forte dele, não via na pacata vida que levava nenhum motivo para se engajar com algo. Ajudava a cuidar de algumas pequenas plantações em troca de comida e dinheiro.

Por onde passava, era conhecido como estabanado e atrapalhado. Vivia criando confusões, pois nunca se lembrava dos nomes das coisas e vivia quebrando coisas caras e importantes.

Até que ele viu um fogo verde cruzar o céu do Vale das Provações em direção aos Sertões Setentrionais. No fundo, ele sabia que aquilo representava encrenca e que nada de bom podia sair daquilo.

A curiosidade o levou para a Encruzilhada, onde encontrou uma chuva de Demônios destruindo tudo que via pela frente. Nesse momento, Tanute encontrou o motivo para se engajar em algo que nunca tinha encontrado. Ele percebeu que era hora de defender sua terra.

Pegou as primeiras armas que viu pela frente e se colocou em choque contra a Legião. Sua força bruta, desprovida de esperteza, lhe rendeu muitos ferimentos, porém lhe ofereceu uma vasta coleção de carcaças de demônios.

Tanute visitou um treinador de Guerreiros, que lhe orientou como Guerreiro de Proteção, pois viu no jovem uma força enorme, do tamanho de seu coração.

Tanute agora enfrenta seu maior desafio. Encarar a Legião Ardente das Ilhas Partidas, pois sua coragem e sua onda de destruição nas invasões da Legião o prepararam para os desafios que esse arquipélago ancestral lhe ofereceram.

No entanto, Tanute acaba ficando na Fortaleza Celeste, ouvindo as histórias de glórias de Odyn e de outros lendários guerreiros. 

Botão Voltar ao topo
Fechar