Rotas perdidas

Os mistérios das Clareiras de Tirisfal – Cap. II

Olá Azeroth!

Continuando nossa jornada pelas Clareiras de Tirisfal, hoje vamos abordar mais duas curiosidades sobre esse misterioso lugar.

Ainda conectados à cinemática final de Warcraft III, existe dentro do World of Warcraft uma referência direta a esse momento.

Quando você entra pelo portão principal das ruínas de Lordaeron, você encontra o que outrora fora o Jardim do palácio. Continuando a caminhada, você encontra um sino caído ao chão.

Ao encontrá-lo, entre nas opções de som do jogo e reduza a música ao mínimo e eleve o som “ambiência” ao máximo, deixando ele mais alto que as outras configurações de som do jogo.

Feito isso, comece a caminhar pelo corredor, que você reconhecerá da cinemática, não só pela arquitetura, mas você poderá ouvir o vento sussurrar as memórias daquele dia. Você ouvirá os sinos batendo, a multidão vibrando com o retorno de Arthas e entrará na sala do Trono do Rei Terenas Menethil II.

Dentro da sala, você passará a ouvir o vento sussurrar o último diálogo entre Arthas e sei pai, culminando no assassinato do Rei. Cabe o destaque para a marca de sangue no chão ao lado do trono, onde a coroa do rei caiu.

Em breve terminaremos a jornada pelas Clareiras de Tirisfal com seu mais surpreendente segredo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar