Rotas perdidas

O Vale da Lua Negra – Terralém

Olá Azeroth!

Jamiell está de volta depois de um tempinho focando na campanha pela queda da Cidadela do Fogo do Inferno. Depois que Brogmalen, o Monge, adentrou a campanha, temos nos esforçado para dar o suporte necessário para ele também.

Hoje vamos de fato inaugurar a seção das rotas perdidas e vamos trazer algumas curiosidades sobre o Vale da Lua Negra de Terralém. Essa rota foi traçada originalmente na Turnê dos Easter Eggs da Guilda Expendables em 2015 e vamos aqui citar os pontos mais interessantes.

Começamos na Jaula do Carcereiro (coordenadas 57.2 49.6 do mapa). Ela fica sob as ruínas e você deve adentrar por uma escada. Chegando no fim do corredor, em frente, existe uma cela. Dentro dela, um rolo de música para a Guarnição. À direita existe um pequeno lago. Você deve mergulhar no mesmo e verá que ele leva a outro corredor secreto, por debaixo d’água. Ao emergir, encontramos Akama vigiando a cela de Maiev Cantonegro:

93654-akama

Vemos aqui a Maiev Cantonegro aprisionada em uma cela cujo carcereiro é um Draenei degradado chamado Akama. A história dos Draeneis degradados é interessante também e existe um conto no site do WoW (chama-se Inteiro) que conta como eles ficaram degradados.

Pra resumir, quando Shattrath foi sitiada pelos Orcs, a Luz (a origem de poder sagrado dos Draeneis) abandonou os Draeneis e eles foram massacrados pelos orcs.

Alguns dos sobreviventes nas semanas seguintes começaram a apresentar deformações e tiveram parte das forças e da mente comprometidas por algum tipo de “praga” (o autor sugere um ataque com gás durante o cerco, mas mesmo os Draeneis não sabem exatamente o que causou essa degradação). Estes foram “separados” dos saudáveis.

Posteriormente, atribui-se a essa degradação a exposição à energia Vil que alimentava a legião ardente de Gul’dan e que resultou também, no cataclismo que destruiu Draenor – bom lembrar que Terralém é o que sobrou de Draenor depois do cataclismo. Akama foi um desses sobreviventes e desde então despontou como um dos líderes dos Draeneis degradados.

Quando Illidan Tempesfúria decidiu se refugiar em Terralém, ele resolveu se tornar o Senhor de Terralém e por isso ele precisou derrotar os demônios e o Pit Lord Maghteridon. Quando ele atingiu esse feito, ele conquistou o respeito e a aliança dos Draeneis Degradados, sobretudo de Akama, que viu em Illidan a possibilidade de reocupar Karabor e restaurar a glória de seu povo.

Maiev Cantonegro é uma elfa noturna. Originalmente referenciada como guardiã (em WC3). Ela era uma das irmãs de Elune nos primórdios da história. Na guerra dos ancientes, quando Illidan se mostrou como uma ameaça a Azeroth pela primeira vez e foi condenado à prisão perpétua, ela foi instituída por Malfurion como sua carcereira.

Illidan ficou preso por 10.000 anos até que, com o ataque da Legião Ardente, Malfurion e Tyrande consideraram que valia a pena o risco de soltá-lo da prisão para ajudar a enfrentar esse novo inimigo.

A história do Illidan, da Guerra dos Ancientes e porque o Illidan ficou preso tanto tempo é um pouco extensa. Podemos fazer futuramente outro evento abordando esse capítulo da história.

Em Warcraft III The Frozen Throne, Illidan selou a paz com Tyrande (salvando sua vida) e com Malfurion (por ter salvo a vida do grande amor de Malfurion). Para isso, ele teve que trair “seu novo mestre”. Por isso, ele resolveu se refugiar em Terralém e Maiev em mais um ataque de fúria, resolve continuar a perseguição de Illidan.

Nesse momento, Malfurion afirma que ela está em busca exclusivamente de vingança contra Illidan e que teme que essa fúria cause mais problemas a Azeroth do que o próprio Illidan.

Desta feita, quando Maiev adentrou Terralém e saiu à caça de Illidan, ela acabou sendo presa (final do Warcraft III The Frozen Throne). Akama foi encarregado de vigiar Maiev enquanto Illidan estava no poder.

Com o passar do tempo, Akama percebeu que Illidan não era tão bonzinho assim e que ele derrotou os inimigos dos draeneis por interesse próprio em sua magia e energia vil. Akama então passou a ver Maiev com outros olhos e começou a arquitetar com ela um contra-ataque a Illidan.

Ao clicar na Maiev, verifica-se que ela não está muito feliz e é divertida a irritação dela. O contra-ataque ocorre na Raide do Templo Negro. Essa raide tem muitos itens de saque interessantes, desde mascotes de batalha até itens lendários e mais um rolo de música para Guarnição (Drop do Illidan).

É isso aí, pessoal, em breve postarei mais histórias e mais locais interessantes do jogo para visitação, sempre junto com algum item bacana.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo