Crônicas

A queda do Profanador

Olá Azeroth!

Domingo de madrugada. Após algumas tentativas, o core de Raide liderado pelo Caçador Paopaocafe atinge a segunda meta mais desejada da expansão.

Meses se passaram desde a primeira incursão da Guilda The Expendables na Cidadela do Fogo do Inferno. De lá pra cá, Jamiell e seus parceiros tem enfrentado desafios que vão muito além dos perigos da Cidadela.

São claros na memória os tempos difíceis em lutas que nos impuseram enormes desafios, as partidas de membros do core, as ausências nas raides devido a problemas técnicos de internet, com o computador, com o jogo, os atrasos por problemas de saúde e compromissos que tentaram nos afastar dos nossos objetivos.

Lembro-me especialmente de perdas pessoais que enfrentei nesse período, pois por mais de uma vez Jamiell entrou na raide aborrecido e triste, mas saiu dela bem melhor.

O core encontrou nos escuros corredores da Cidadela do Fogo do Inferno muito mais do que monstros, demônios e wipes. Encontramos a parceria e a amizade de um grupo que se uniu e se fortaleceu como um time, com o propósito de superar as adversidades.

Impossível não se lembrar com alegria das piadas, do pirão servido sempre que necessário e da alegria de superar seus limites a cada semana.

Nesse domingo de madrugada, enfrentamos novamente o Arquimonde na dificuldade heroica. Lemos guias, debatemos mecânicas, estratégias. Passamos a semana nos preparando para esse encontro.

Após enfrentarmos dificuldades, encontramos nosso ponto de equilíbrio. Como um time, adaptamos a estratégia de modo a otimizar nossas qualidades e tentar equilibrar nossas dificuldades. Mudanças que não tinham sido cogitadas anteriormente apareceram nesse momento e o Líder da Raide Paopaocafe decidiu que era oportuno tentarmos.

Na primeira tentativa, chegamos a 1% de vida e Arquimonde conseguiu se curar, frustrando a todos. Mas o desejo da vitória era maior. A vontade de superar mais essa etapa era maior e veio aquele chamado pelo RaidCall:

“-Vamos tentar uma última vez!”

E é sempre assim, na última tentativa que parece que as coisas funcionam. Todos os membros foram perfeitos, lutaram com coragem e determinação e derrubamos o Arquimonde na dificuldade heroica em uma try praticamente impecável.

Com isso, fechamos a progressão heroica. No entanto, a principal conquista dessa noite foi a consolidação de um grupo que se mostra cada vez mais maduro para enfrentar a dificuldade mítica e nós seguiremos em frente!

É o momento de agradecer a todos, ao Líder da Guilda, que nos dá todo respaldo necessário para alcançarmos essas vitórias, a todos membros da guilda que estão sempre dispostos a ajudar e a todos os membros do core que participaram dessa empreitada: Paopaocafe, Makikaka, Meggalokk, Doevor, Galdrick, Tohrn, Garrun, Omnyknight, Shammyup, Yudhydk, Bumbádo, Polonez, Kza, Ortegz, Moohammad, Sammuelsen, Xifrudinhö, Casterspel e Zulatoba.

Pela Horda!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo