Crônicas

Balanço dos Senhores da Guerra

Olá Azeroth!

Com os primeiros dias de funcionamento do Patch pré-expansão, começamos a olhar para Warlords of Draenor buscando fazer um balanço de tudo que aconteceu nessa expansão.

Progressão JxA

Warlords of Draenor teve três raides (Malho Imponente, Fundição da Rocha Negra e a Cidadela do Fogo do Inferno). Nessa expansão destacou-se a Cidadela do Fogo do Inferno, que ficou praticamente 1 ano como o conteúdo final do jogo.

Críticas à parte, podemos destacar algumas lutas realmente interessantes, do ponto de vista da história do jogo. Sem sabermos, na luta do Kilrogg Olho Morto, já começamos a ver os primeiros spoilers oficiais de Legion, pois nas visões do Kilrogg, somos teleportados para a sala do trono da Cidade Baixa e combatemos uma invasão de demônios, Hadggar misteriosamente (por enquanto) diz que foi uma honra lutar ao nosso lado e morre, sendo que a explosão de sua morte nos teleporta novamente para a sala de combate.

Temos também a luta do Lorde Vil Zakuun, na qual Grommash Grito Infernal é libertado pelos heróis e decide combater a ameaça da invasão da Legião Ardente em Draenor. A trilha sonora desse encontro acentua a dramaticidade que a Blizzard tentou transmitir nesse combate.

Interessante destacar também a luta do Socrethar, o Eterno, um ex-membro do Conselho dos Exarcas (Exarca Othaar) dos Draeneis, que se corrompe e funda a organização chamada de Sargerei, que é servidora da Legião Ardente, que pretende ganhar a confiança da Legião facilitando sua invocação à Draenor.

Impossível não destacar o combate final com Arquimonde, diante de um portal aberto direto da Espiral Etérea por Gul’dan. Os heróis empreendem um esforço final em conter a invasão, contando com a ajuda de Yrel, Hadggar e do próprio Grommash.

Pessoalmente, essa raide trouxe Jamiell de volta ao conteúdo final de JxA, permitindo que ele iniciasse a progressão normal, obtendo êxito até o final da progressão heroica. Sem dúvida, Jamiell sai fortalecido dessa expansão, mais forte do que nunca. Durante todo esse tempo, o core de Raide foi forjado pela perseverança de seus líderes, pela união dos membros e pela amizade que se construiu nesse ínterim.

Os últimos dias de Draenor tem proporcionado ao Jamiell o descanso que ele precisa para se concentrar para os próximos desafios. Nesse momento, foi aberta a oportunidade para o crescimento de outro personagem.

Brogmalen, o monge, que veio de Pandaria no final da Expansão Mists of Pandaria, passou boa parte da expansão coletando recursos na Guarnição, evoluindo as suas profissões, servindo como banco para itens e reagentes. Ele não se encontrara como Andarilho do Vento até que houve a oportunidade dele se tornar um Tecelão da Névoa.

Nos últimos meses, Brogmalen vem sem consolidando como curador de raide, obtendo a progressão normal e heroica de forma bastante rápida. Finalizou a expansão obtendo as 30 ondas do campo de testes infinito, recebendo o merecido título de Curador Habilidoso.

Vale destacar também o êxito de Baltharis na guilda dos Brigões, fechando a Expansão com o título de “O Brigão”, a arma de herança e a sua merecida montaria.

WoWScrnShot_071816_005147

“Tudo vale a pena quando a alma não é pequena” – Fernando Pessoa

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo